22 de janeiro de 2021

Reunião online retoma Programa de Desenvolvimento Local para Lins, com organização do Sebrae e Adetec

Por Cintia Papile

Encontro reuniu lideranças de diversas instituições comerciais, educacionais e do poder público para debater início do programa

O Programa de Desenvolvimento Local (PDL) ganhou forças novamente em Lins. Na última quinta-feira, dia 21, um encontro online organizado pelo Sebrae e a Adetec (Agência de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico) reuniu lideranças do município para debater o início do Programa em Lins, com representantes de entidades parceiras, como Sincomércio, Acelins e Sindicato Rural; instituições de ensino, como Unilins, Unisalesiano, Fatec, Etec e Senai; também representantes das secretarias de Desenvolvimento, Educação, Assistência Social e da Licitação, e o vice-prefeito, André Kodjaoglanian, além de representantes da Adetec, Incubadora de Empresas e Sebrae.

Em fevereiro do ano passado, já havia sido realizada uma reunião presencial na sede da Adetec com esse intuito, mas a pandemia de covid-19 adiou os planos, que foram retomados, com fôlego total, nesta semana.

O gerente regional do Sebrae Bauru, Wilson Nishimura, apresentou os objetivos do Programa, seus componentes, as fases de implantação e seus benefícios para a cidade e região. Ele explica que o PDL estimula e fomenta o desenvolvimento de um município ou região, com foco na melhoria da competitividade dos pequenos negócios e do empreendedorismo, além do fortalecimento do ambiente empresarial.

O Programa também pretende elevar o faturamento e reduzir custos das pequenas empresas, que impactará na geração de postos formais de trabalho e na formalização de empreendedores.

Dessa forma, os munícipes terão acesso a programas e projetos de treinamento, consultorias e mentorias em gestão, inovação, crédito e acesso a mercados, que contribuirão para geração de emprego, renda e novos negócios.

E por que Lins? “A escolha foi motivada pelo fato de o município ter uma grande concentração de pequenos negócios; ser um grande centro comercial regional e de educação superior, cadeias produtivas do agronegócio e agricultura familiar bem desenvolvidos; vasto parque industrial e com grande potencial para turismo. Mas foi fundamental termos a Prefeitura Municipal, as entidades empresariais, Instituições de Ensino, Adetec e organizações em geral, com líderes tão engajados com o projeto e o propósito de fomentar o desenvolvimento econômico e social de Lins”, declara o gerente do Sebrae.

O presidente da Adetec, Cassio Bauléo, afirma que estamos preparados para receber e apoiar o programa. “A Adetec tem buscado promover essa mesma visão e mesmo trabalho para desenvolvimento local, nós buscamos reconhecer qual a vocação do município, fizemos muitas reuniões, congregando empresários, de empresas associadas da Adetec ou não, também com instituições de ensino, órgãos públicos, buscamos assessoria externa, contratamos empresas nesse ramo para desenvolvermos esse trabalho. E o Sebrae vindo pra cá com essa visão mostra que estávamos no caminho certo, é essa mesmo a ânsia do empresariado e de todos que buscam empreender. Então, esse programa vai casar perfeitamente com o que a Adetec já tem nos seus objetivos. Nós vamos apoiar o Sebrae e eles estarão conosco também para termos um programa completo de atendimento e promoção do desenvolvimento de forma sistemática e objetiva”, afirma.

A próxima fase do Programa será a realização de um diagnóstico dos desafios e oportunidades no município e traçar uma radiografia do ambiente empreendedor para prosseguir com a execução da agenda estratégica e compromissos.

 

A Adetec utiliza cookies para entregar uma melhor experiência durante a navegação. Saiba mais »